Médio PiracicabaPolítica

Audiência Pública na Câmara de João Monlevade discute falta de energia em bairros da cidade

Na noite dessa segunda-feira, 10 de junho, a Câmara Municipal de João Monlevade realizou uma Audiência Pública para discutir as frequentes quedas de energia nos bairros Tanquinho 1, Tanquinho 2 e Santo Hipólito. A reunião foi proposta pelo vereador Pastor Lieberth (Podemos). Segundo o parlamentar, o objetivo foi “discutir as condições precárias em que os moradores têm vivido ocasionado pela deficiência na prestação do fornecimento de energia, bem como propor melhorias que atendam às necessidades da comunidade de forma a garantir a eficácia do serviço”.

Mediada pelo Pastor Lieberth, a Audiência contou com a participação dos vereadores Gustavo Maciel (Republicanos) e Belmar Diniz (PT). Estiveram presentes também o assessor de governo Cristiano Vasconcelos, a Gerente de Relacionamento com o Poder Público da CEMIG, Ariane Maia Gândra, a engenheira elétrica da Prefeitura de João Monlevade, Thaís Machado Leite, o secretário de obras, Ermelindo Hilário, o secretário de meio ambiente, Samuel Domingues, o supervisor da CEMIG, Eustáquio Deon, e o supervisor de atendimento comercial da CEMIG, Renato Gomes Camelo, além de moradores dos bairros afetados.

Durante a Audiência, Pastor Lieberth apresentou fotos que ilustram os problemas, como por exemplo árvores interferindo na rede elétrica. Os representantes da CEMIG explicaram que a responsabilidade pela poda das árvores é da Prefeitura. Deon destacou que, na foto apresentada, os fios que passam pelas árvores são de rede isolada, não oferecendo risco às pessoas.

Questionado pelo vereador Belmar Diniz sobre um cronograma de podas de árvores, Deon explicou que a empresa retorna aos locais onde as podas já foram realizadas a cada quatro meses para dar manutenção.

Outro ponto apresentado pelo Pastor Lieberth foi a poluição de cabos de internet sobre a rede elétrica. Deon esclareceu que empresas de telefonia e internet possuem contrato de compartilhamento de estrutura e que estas serão notificadas para resolverem os problemas apresentados.

Pastor Lieberth também apresentou fotos de postes em situação precária, como um poste inclinado na rua Dario Lage, no bairro Nova Monlevade, e um poste instalado no meio da rua C, no bairro Tanquinho II. Deon explicou que o poste inclinado já foi avaliado e não apresenta risco de queda, e que os postes só são instalados após demarcação das ruas que é realizado pela Prefeitura. Ele também ressaltou que o caso será avaliado junto ao Executivo.

Por sua vez, o vereador Gustavo Maciel questionou a respeito dos investimentos na rede CEMIG de Distribuição do município, tendo em vista o anúncio da empresa em janeiro de 2024 de investimentos de 23 bilhões de reais nos programas “Mais Energia” que construirá 120 subestações e “Minas Trifásico” que substituirá 30 mil kms de rede monofásica rural para trifásica em todo o estado nos anos de 2024 a 2028. Eustáquio informou que será construída uma Subestação no Sítio Largo/Distrito Industrial em 2025. Ele ainda informou que foram realizadas a inspeções no alimentador e instalação de um religador no bairro Santo Hipólito.

Durante a audiência, os moradores também apresentaram outros problemas e questionaram quando eles serão efetivamente solucionados. Os representantes da CEMIG e do Executivo se comprometeram a estudar os casos e buscar soluções concretas. Eles enfatizaram a importância dos cidadãos registrarem suas solicitações pelos canais de atendimento da empresa, (telefone 116, e-mail, Posto de Atendimento Cemig, entre outros). Os representantes destacaram que desta forma a Cemig avalia e atende os pedidos e que os consumidores podem acompanhar suas demandas através dos protocolos fornecidos.

Flávio Lial
Assessoria de Comunicação e Relações Públicas
Câmara Municipal de João Monlevade
Tel: (31) 3852-3524

Deixe um comentário